quinta-feira, 5 de junho de 2008

Dengue: prevenção e combate

OBS.: As dicas abaixo não são de minha autoria; foram extraídas de e-mails que circularam na internet.

* Arquivo Powerpoint: Dengue Mortal

O que é a Dengue?
É uma infecção virótica que faz doer o corpo inteiro, especialmente as juntas, e dá muita febre. É transmitida pelos mosquitos Aedes aegypti e A. albopictus, que se infectam sugando sangue de algum humano ou macaco infectado nos três primeiros dias da febre. Atualmente se diz que há quatro variedades de dengue; quem teve uma pode ter as outras três.

O tratamento médico é paliativo - descanso, muita água, banhos mornos, compressas de batata crua ou tofu na cabeça para puxar o calor.

Portanto, a prevenção ainda é a melhor arma contra a Dengue. Assim, a partir de valiosas informações que recebi pela internet, compartilho com vocês os 6 tópicos abaixo:


1) O uso da própolis
Segundo o biólogo Gilvan Barbosa Gama, de Florianópolis, basta tomar algumas gotas diárias de própolis para que o mosquito nem se aproxime! Esta informação não é divulgada porque a própolis é barata e não enriquece ninguém, além do que as indústrias farmacêuticas ganham fortunas com remédios para amenizar os sintomas da Dengue. Segundo o biólogo, a própolis exala na sudorese dois dos seus princípios ativos (flavona e vitamina B) que repelem os insetos.

A própolis é uma cera produzida pelas abelhas a partir cascas, resinas e botões de flores. Sua composição: além das vitaminas do complexo B, C, H e O, a própolis também possui flavonóides, galangia, resinas com bálsamo e pólen.

* Sugestão da Karen: Composto de Própolis e Lótus (30 ml) - Indústria Apis Flora



Uso Preventivo
A tintura de Própolis na prevenção aos mosquitos da dengue, deve ser ingerida da seguinte forma:

Adultos - 1 vez ao dia:
Meia xícara de água (sem cloro) + 1 limão inteiro espremido + 20 gotas de Extrato de Própolis com Flor de Lótus

Crianças (0 a 10 anos) - 3 vezes ao dia:
3 gotas de Extrato de Própolis com Flor de Lótus diluída em água sem cloro


Uso com a Dengue Instalada (TRATAMENTO RADICAL)
Adultos: tomar 7,5ml do extrato de própolis diluído em água (sem cloro). 1/2 copo na crise febril, ou seja, quando a febre se mostrar mais elevada. A partir daí, repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

Crianças:- crianças de 0 a 3 anos: 1,5 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade da água a critério) quando a febre se mostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

- crianças de 3 a 6 anos: 3 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade de água a critério) quando a febre se mostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

- crianças de 6 a 10 anos: 5 ml do extrato de própolis diluído em água sem cloro (quantidade de água a critério) quando a febre se mostrar mais severa. A partir daí repetir esta mesma dosagem mais 3 vezes a cada 2hs.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTÍSSIMAS* Gilvan alerta para não esquecer de se fazer o teste alérgio, ANTES de se iniciar o tratamento.
* Caso queira trocar a água sem cloro pela água de côco, é uma excelente pedida.


2) O uso do complexo B
O odor na sudorese provocado pelo Complexo B também afugenta os mosquitos. O Dr. Alberto Lima, famoso pediatra que trabalha em Fortaleza, recomenda 6 gotas desta substância uma vez de manhã, e outra à noite. O Complexo B fabricado pela Roche (o mais indicado) não existe mais, entretanto nas farmácias é informado o substituto do mesmo.


3) Fórmula homeopática
Na Farmaverde (Fortaleza - tel. 3261-1566), o Dr. Carlos pode manipular a seguinte fórmula, que também pode ser ingerida para prevenção da Dengue:
30CH Crotalus horridus 30CH Eupatorium perfoliatum e 30CH Phosforus
30 ml desta fórmula custa em torno de R$ 12,00.


4) O uso do vinagre (em ambientes)
* Uma xícara de vinagre em um ambiente (quarto, ou sala etc.) afugenta os mosquistos, que não toleram o odor emanado deste líquido.

* Uma colher de vinagre em uma água empoçada inevitável (tipo: vasilha que coleta a água do ar condicionado) inibe a presença de larvas do mosquito.


5) Repelente caseiro (2 receitas para qualquer tipo de mosquito)
A longo prazo, o uso contínuo de repelentes industrializado faz mal à saúde, pois é um 'veneno' que vai sendo lentamente absorvido pelos poros. Abaixo, seguem 2 receitas caseiras de custo bem baixo, não tóxicas e ecológicas.

1 litro de álcool etílico hidratado 92,8º INPM + 2 pedras de cânfora + 10 cravos-da-índia. Deixe em infusão por oito dias em um vidro fechado. Depois é só usar como repelente, principalmente nos pés e pernas (onde o mosquito da dengue mais ataca).

1 garrafa de álcool + Meio vidrinho de óleo Johnson, ou óleo para bebê, para não desidratar a pele + 1 pacote de cravo (mais ou menos 30 cravos) da Índia em infusão por algumas horas. Os pescadores há muito, já conhecem esta mistura, usam sempre em suas noites de pescaria para evitar picadas de insetos.


6) A ingestão de inhame nas refeições
Comer inhame em vez de batata, duas ou três vezes por semana, previne contra dengue. Em situações de epidemia, comer um inhame por dia é mais que bastante - em sopa, purê, ensopadinho, pastinha com alho etc.


Mesmo já estando com dengue, comer inhame - ou tomar o elixir de inhame, vendido em qualquer farmácia, costuma acelerar muito a recuperação. Também é importante usar o inhame depois da dengue, para eliminar os resíduos do sangue que tornam mais dramática a recaída.

Vantagens do inhame:
* O inhame limpa o sangue, sendo um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece. Esta raiz faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século, já se usava elixir de inhame para tratar sífilis.

* O inhame fortalece o sistema imunológico. Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico.

* O inhame evita malária, dengue, febre amarela. A presença do inhame no sangue permite uma reação imediata à invasão do mosquito, neutralizando o agente causador da doença antes que ele se espalhe pelo corpo. Aldeias inteiras morreram de malária depois que as roças de inhame foram substituídas por outros plantios.

* É mais poderoso que a batata. E tem a vantagem de ser nativo, enquanto a semente da batata é importada. Inhame dá com fartura em qualquer lugar úmido. Em vez de apodrecer na cesta, como a batata, ele brota e produz mais inhames. Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos, hormônios vegetais, importantes na menopausa e após.

ATENÇÃO!! O INHAME MEDICINAL É O PEQUENO, CABELUDO. Marronzinho por fora, com a pele variando de roxo a branco. Existem ainda o inhame do norte e o cará, maiores e mais lisos, que são muito bons para comer, mas não têm o mesmo poder curativo do inhaminho (também chamado de inhame chinês).

Os outros nomes do inhame:
- Latim: colocasia esculenta
- África e América do Norte: taro
- América Central: ñame ou otoe
- França: igname
- Índia: albi
- Japão: sato-imo
- Caribe: malanga ou yautia

** Se der coceira nas mãos na hora de descascar, passe um pouco de óleo ou lave com água bem salgada.



7) Repelente elétrico de pernilongos
Disponível para venda em lojas de material para construção, este repelente é do tamanho de uma caixinha de fósforo. Ligado em uma tomada, ele emite um som (bem baixinho) que afugenta esses insetos. Em minha casa tem dado certo! O preço, em abril de 2009, era de R$ 19,80.



*


quinta-feira, 5 de junho de 2008


Print or Generate PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Comentário









Certidão Criminal Negativa
Dicionário Bab.La