terça-feira, 24 de junho de 2008

Onde encontro alento


"E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre e nunca desfalecer..." Lucas 18:1

UM LUGAR DE ORAÇÃO PECULIAR

Um soldado foi acusado de ter tido contato com o inimigo. Tinha sido visto no lugar patrulhado pelas tropas inimigas. Quando levado diante do oficial competente, ele se defendeu explicando que se afastara da companhia para estar sozinho por um momento.

– Você costuma fazer isso? – perguntou o oficial.

– Sim – respondeu o soldado.

Então comece a orar, porque não creio que em toda sua vida você tenha tido mais necessidade de fazer isso que agora. Ajoelhe-se e ore em voz alta!

O soldado, que esperava ser fuzilado imediatamente, caiu de joelhos e se derramou diante de Deus. Suas palavras solenes, sua súplica sincera diante de Deus e sua confiança provaram que para ele a oração era algo real e rotineiro.

Por fim, o oficial lhe disse:
– Pode ir. Ninguém é capaz de orar assim sem ter feito isso durante anos. Da mesma forma que os soldados que não participam dos exercícios militares têm dificuldades no desfile.

Lemos sobre o profeta Daniel que, apesar da proibição do rei Dario, ele se ajoelhava em seu quarto três vezes por dia diante de Deus, com as janelas abertas e orava segundo o seu costume (Daniel 6:10).

Que lugar tem a oração em nossa vida? Deveria ser parte integrante dela; falar com nosso Deus, nosso Pai celestial, nosso Salvador, deveria ser muito natural. Deveríamos ansiar por falar com Ele, como Ele também anseia que falemos com Ele, todos os dias!

Ministério Chamada da Meia-Noite


terça-feira, 24 de junho de 2008


Print or Generate PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Comentário









Certidão Criminal Negativa
Dicionário Bab.La