domingo, 9 de novembro de 2008

Valorizados!

Em uma carta recente, Kevin Gregory, Diretor Regional, dos Ministérios RBC, escreveu sobre um turista americano na França que havia comprado um colar de âmbar relativamente barato em Paris. Este ficou muito surpreso quando teve que pagar uma alta taxa de imposto para a importação, na alfândega de Nova York. Compreensivelmente, este fato aguçou sua curiosidade, e ele decidiu mandar o colar para ser avaliado por um profissional qualificado. Utilizando-se de uma poderosa lente de aumento para avaliar o colar, o joalheiro ofereceu $25.000 dólares pela mesma. Extremamente surpreso, o homem decidiu levá-la para uma segunda avaliação profissional. Feita a segunda avaliação, ele ficou sem chão quando lhe ofereceram mais $10.000 dólares!

O que vocês vêem neste colar tão velho? Perguntou o homem atônito. “Veja por essa lente,” respondeu o avaliador. Lá, perante seus olhos, havia uma inscrição: “De Napoleão Bonaparte para Josefina.” O valor do colar não advinha da beleza da pedra ou da pureza do metal, mas de sua identificação com uma figura histórica muito especial.

Kevin nos fez relembrar como é maravilhoso sermos identificados com Cristo, uma figura histórica, a mais especial de todos os tempos. Não são nossos atributos pessoais que nos tornam atraentes ou aceitáveis perante Deus. Pelo contrário, é o nosso relacionamento pessoal com Cristo que nos dá nossa verdadeira identidade e nos atribui algum valor. Em João 17:20-26, Jesus ora comovidamente a Deus, o Pai de todos os cristãos, expressando Seu amor e os desejos que Ele tem para cada um de nós. Diferente do colar de âmbar de Josefina, Seu domínio sobre nós permanecerá imutável e o nosso valor está em Cristo.

Em uma época na qual tantos se distanciam de Deus e procuram a satisfação e os propósitos de vida em coisas erradas, o Senhor continua a usar Seu povo para compartilhar o Evangelho, e para dEle testemunhar de maneiras simples e extraordinárias.



Mensagem repassada via e-mail. Autoria desconhecida.

Clique aqui para saber mais sobre como se tornar um verdadeiro cristão, um filho de Deus, e assim se revestir deste valor imensurável relatado nesta história.


*


domingo, 9 de novembro de 2008


Print or Generate PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Comentário









Certidão Criminal Negativa
Dicionário Bab.La