quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Vivo! Eternamente vivo!


Jesus Nazareno… ao qual Deus ressuscitou, soltas as ânsias da morte, pois não era possível que fosse retido por ela (Atos 2:22,24).

VIVO! ETERNAMENTE VIVO!


Deus ressuscitou Seu Filho, Jesus Cristo, nosso Senhor, dentre os mortos. Ele jamais pecou, era santo e sempre fez o que agradava a Deus, Seu Pai; por isso não havia razão para que Ele morresse. Jesus, o Justo, Se submeteu à morte voluntariamente por nós, os injustos, a fim de que pudesse expiar nossos pecados. Não há como agradecermos a Ele adequadamente por tal obra! "O castigo que nos traz a paz estava sobre ele" (Isaías 53:5). Ele veio para nos purificar do pecado e para que, por meio de Sua obra de redenção, Deus fosse maravilhosamente glorificado. Esse é o motivo pelo qual Deus não poderia deixá-Lo na morte, trazendo-O de volta de entre os mortos como Vencedor sobre Satanás e o pecado.

Milhões de pessoas que se dizem cristãs não crêem na ressurreição de Jesus Cristo. No entanto, os apóstolos selaram com a própria vida e morte o testemunho de Sua ressurreição. Todos os verdadeiros cristãos vêem na ressurreição de Jesus Cristo a gloriosa e brilhante resposta de Deus à obra da redenção que Seu Filho realizou. Nesse sentido, têm a prova da aceitação deles mesmos diante de Deus e da segurança da salvação eterna na qual crêem. O Espírito de Deus que habita neles constantemente os lembra por intermédio da Palavra de Deus desse fato, cuja repercussão é eterna: Jesus está vivo!


Fonte:
Ministério Chamada

- Você é um cristão de acordo com a Bíblia? Assegure-se acessando a postagem: “
A principal pergunta: Como me torno um cristão?"


*


quinta-feira, 18 de dezembro de 2008


Print or Generate PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Comentário









Certidão Criminal Negativa
Dicionário Bab.La