sábado, 3 de janeiro de 2009

Meditações sobre o livro de Números, da Bíblia


Deixando o caminho direito, erraram seguindo o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça (2 Pedro 2:15).

MEDITAÇÕES SOBRE O LIVRO DE NÚMEROS (Leia Números 22:22-41)


E assim Balaão colocou a sela em sua jumenta e partiu com o coração leve, fazendo antecipadamente os cálculos da recompensa da iniqüidade. Mas, aos olhos do Senhor, o caminho dele era perverso (v. 32), o que indica que leva à perdição. Balaão fingia obedecer a Deus quando, na verdade, estava "atraído e engodado pela sua própria concupiscência" (Tiago 1:14). O Senhor quer fazê-lo entender isso e lhe fala de maneira miraculosa pela boca da jumenta. Sem resultado! Então o anjo se revela a ele e o adverte (2 Pedro 2:15-16). Mais tolo e cego que seu animal, Balaão insiste, e o Senhor lhe permite continuar. Para nos fazer parar, será que Deus não tem se colocado no caminho de nossa vontade própria? Ele levanta obstáculos que falam de Sua parte, se soubermos como ouvir. Há muitas ocasiões em que deveríamos nos perguntar se o Senhor não pode estar no meio do caminho de um projeto que Ele desaprova!

O Novo Testamento menciona o "caminho" e o "erro" de Balaão (Judas 11), e finalmente sua "doutrina" (Apocalipse 2:14). Agir de acordo com a própria vontade sempre leva ao desvio.


Balaque e Balaão agora se encontram para o nefasto trabalho. Juntos, os dois aliados são um tipo do rei perverso chamado de "a Besta", e do falso profeta ou Anticristo, que na predição do Apocalipse, serão instigados por Satanás contra Israel e contra Deus.


Fonte:
Ministério Chamada

- Você é um cristão de acordo com a Bíblia? Assegure-se acessando a postagem: “
A principal pergunta: Como me torno um cristão?"


*


sábado, 3 de janeiro de 2009


Print or Generate PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Comentário









Certidão Criminal Negativa
Dicionário Bab.La