segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Arrecadação de cabelo para perucas de crianças com câncer


Enfrentar um diagnóstico de câncer não é uma tarefa fácil para ninguém. Lidar, então, com as consequências das sessões de quimioterapia pode ser como um grande fardo. A queda de cabelo está entre as reações adversas mais comuns do tratamento. Ela começa depois da terceira ou quarta sessão do tratamento, mas, geralmente, é a partir dos dois meses que se torna mais pronunciada.

No entanto, gestos de solidariedade podem amenizar o sofrimento e resgatar a autoestima de quem luta pela cura. É o que voluntários têm feito para resgatar a alegria de pacientes, doando o próprio cabelo, na tentativa de fazer o diferencial no tratamento deles. Criado há dois anos, o projeto “Um pedacinho de amor não dói”, recebe doações de cabelo e confecciona perucas para doar para quem precisa.

Sensibilizados com o projeto, a diretoria do Hospital Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), promoverá na próxima segunda-feira (21), das 10 às 16 horas, no auditório do Bloco Didático, do hospital, uma ação para a arrecadação de cabelo humano. “Embora recebamos no hospital pacientes de cuidados paliativos, o câncer pediátrico não é uma de nossas especialidades, no entanto, ficamos sensibilizados com esse trabalho e nos solidarizamos, o nosso intuito é doar, ajudar o próximo”, comenta Dr. Fernanda Netto, diretora do HGWA e pediatra.

Durante todo o dia, uma equipe de cinco cabeleireiros estará cortando gratuitamente o cabelo dos doadores, para ajudar o projeto “Um pedacinho de amor não dói”, que trabalha em parceria com instituições como o Lar Amigos de Jesus e a Associação Peter Pan, que cuida de crianças com câncer.

Doar
Qualquer pessoa pode participar basta ter boa vontade e ir até o HGWA com o cabelo limpo e seco. Segundo a idealizadora do projeto “Um pedacinho de amor não dói”, Charliane Cruz, a doação é de no mínimo 15 cm de cabelo, mas quem não está com o cabelo comprido, pode ajudar comprando a blusa do projeto, que estará a venda no dia do evento. “Além do cabelo, nós precisamos de outros itens para fazer as perucas e tudo é custo. Não cobramos nada para fazê-las, tudo é doação”, lembra.

Ela conta que o projeto nasceu há dois anos e o pontapé inicial foi dado por sua filha Marília Karen (foto), que desde pequena visitava instituições que cuidam de crianças com câncer. “Ela via as meninas sem cabelo, por conta do tratamento e queria ajudar de alguma forma. Um dia, disse que queria doar seu cabelo, reuniu outras amigas e começamos a campanha. É muito gratificante poder ajudar”, ressalta.

Serviço
Ação: “Um pedacinho de amor não dói”
Local: Hospital Dr. Waldemar Alcântara
Rua Pergentino Maia, 1559 - Messejana
Dia: 21/09/2015
Horário: 10h às 16h
Fone: (85) 3216-8389 ~ Recepção Administrativa


Imagem e notícia: Agência da Boa Notícia

,

segunda-feira, 21 de setembro de 2015


Print or Generate PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Comentário









Certidão Criminal Negativa
Dicionário Bab.La