segunda-feira, 17 de outubro de 2016

A Autogestão de Carreira dos Docentes Estrangeiros da UFC



RECOMENDAÇÕES PARA ACESSAR OS LINKS A SEGUIR

Se estiver remotamente fora da UFC:
» Utilizar o Proxy da UFC - nesse link
► Acessar o browser que foi adaptado para o Proxy da UFC (Mozilla ou Opera), se for o caso
► Entrar no Portal de Periódicos da CAPES, fazer o login e pesquisar no link do Google Acadêmico


ARTIGOS SOBRE DOCENTES ESTRANGEIROS

BA, Serigne A. C.; CASTRO, Paulo A. de; SILVA, André V. da; SADOYAMA, Adriana dos S. P.; LEAL, Geraldo S.; ANDRADE, Márcio S.; SILVA, Gustavo A. de O. Perfil socioprofissional do professor estrangeiro na universidade pública brasileira. In: Congreso Ibero-americano de Investigación Cualitativa, volume monográfico, p. 79-92, Espanha 2015. Disponível em: <http://relatec.unex.es/revistas/index.php/campoabierto/article/view/1689/1049>. Acesso em: 03 mar 2017.


MENDENHALL, Mark E. The foreign teaching assistant as expatriate manager. In: Handbook of lntercultural Training, p. 231-243, 1996. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/232577069_The_foreign_teaching_assistant_as_expatriate_manager>. Acesso em: 03 mar 2017.


RICHARDSON, Julia; McKENNA, Stephen. Metaphorical ‘types’ and human resource management: self-selecting expatriates. Industrial and Commercial Training, vol. 32, n. 6, p. 209-219, 2000. Disponível em: <http://www-emeraldinsight-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/pdfplus/10.1108/00197850010354232>. Acesso em: 03 mar 2017.


SELMER, Jan; LAURING, Jakob. Cultural similarity and adjustment of expatriate academics. International Journal of Intercultural Relations, vol. 33, n. 5, p. 429–436, set. 2009. Disponível em: <http://www-sciencedirect-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S0147176709000649>. Acesso em: 03 mar 2017.


SELMER, Jan; LAURING, Jakob. Expatriate academics: job factors and work outcomes. International Journal of Manpower, vol. 32, n. 2, p. 194-210, 2011. Disponível em: <http://www-emeraldinsight-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/pdfplus/10.1108/01437721111130206>. Acesso em: 03 mar 2017.


SELMER, Jan; LAURING, Jakob. Self-initiated academic expatriates: inherent demographics and reasons to expatriate. European Management Review, vol. 7, n. 3, 2011. Disponível em: <http://onlinelibrary-wiley-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/10.1057/emr.2010.15/pdf>. Acesso em: 03 mar 2017.


BREHM, Jack W. Psychological reactance: theory and applications. In: SRULL, Thomas (ed.). Advances in Consumer Research, vol. 16, p. 72-75, EUA: Association for Consumer Research, 1989. Disponível em: <http://www.acrwebsite.org/volumes/6883/volumes/v16/NA-16>. Acesso em: 04 mar 2017.


ARTIGOS COM TEORIAS RELACIONADAS

SEIBERT, Scott E.; KRAIMER, Maria L.; LIDEN, Robert C. A Social Capital Theory of Career Success. The Academy of Management Journal, vol. 44, n. 2, p. 219-237, abr. 2001. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/228831713_A_Social_Capital_Theory_of_Career_Success>. Acesso em: 04 mar 2017.


ARTIGOS EM INGLÊS

BALL, Ben. Career management competences - the individual perspective. Career Development International, vol. 2, n. 2, p. 74 - 79, 1997. Disponível em: <http://www-emeraldinsight-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/pdfplus/10.1108/13620439710163653>. Acesso em: 28 fev 2017.


BENGTSSON, Anki. European Policy of Career Guidance: the interrelationship between career self-management and production of human capital in the knowledge economy. Policy Futures in Education, vol. 9, n. 5, 2011. Disponível em: <http://journals.sagepub.com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/pdf/10.2304/pfie.2011.9.5.616>. Acesso em: 28 fev 2017.


BRISCOE, Jon P.; HALL, Douglas T. The interplay of boundaryless and protean careers: Combinations and implications. Journal of Vocational Behavior, vol. 69, n. 1, p. 4-18, ago. 2006. Disponível em: <http://www-sciencedirect-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S0001879105001065>. Acesso em: 28 fev 2017.


BRISCOE, Jon P.; HALL, Douglas T.; DeMUTH, Rachel L. F. Protean and boundaryless careers: an empirical exploration. Journal of Vocational Behavior, vol. 69, n. 1, p. 30-47, ago. 2006. Disponível em: <http://www-sciencedirect-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S0001879105001077>. Acesso em: 28 fev 2017.


CHIABURU, Dan S.; BAKER, Vicki L.; PITARIU, Adrian H. Beyond being proactive: what (else) matters for career self-management behaviors? Career Development International, vol. 11, n. 7, p. 619-632, 2006. Disponível em: <http://www-emeraldinsight-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/full/10.1108/13620430610713481>. Acesso em: 28 fev 2017.


CRITES, John. A comprehensive model of career development in early adulthood. Journal of Vocational Behavior, vol. 9, n. 1, p. 105-118, ago. 1976. Disponível em: <http://www-sciencedirect-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/0001879176900129>. Acesso em: 04 mar 2017.


DE VOS, Ans; SOENS, Nele. Protean attitude and career success: the mediating role of self-management. Journal of Vocational Behavior, v. 73, n. 3, p. 449–456, dez. 2008. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0001879108000754>. Acesso em: 28 fev 2017.


GILBERT, G. Ronald; SOHI, Ravipreet S.; McEACHERN, Adriana G. Measuring work preferences: A multidimensional tool to enhance career self-management. Career Development International, vol. 13, n. 1, p. 56-78, 2008. Disponível em: <http://www-emeraldinsight-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/full/10.1108/13620430810849542>. Acesso em: 28 fev 2017.


HAMMER, Tove H.; VARDI, Yoav. Locus of control and career self-management among nonsupervisory employees in industrial settings. Journal of Vocational Behavior, v. 18, p. 13-29, 1981. Disponível em: <http://ac.els-cdn.com/0001879181900269/1-s2.0-0001879181900269-main.pdf?_tid=3a004560-fd49-11e6-b256-00000aacb35e&acdnat=1488240343_a449d24adc64adbf7b2ce1cf4aedb8ff>. Acesso em: 27 fev 2017.


KANTER, Rosabeth M. Men and women of the corporation revisited. Management Review, vol. 76, n. 3, New York, mar. 1987. Disponível em: <http://search.proquest.ez11.periodicos.capes.gov.br/openview/219b324054434590ac73d023084eb8b6/1?pq-origsite=gscholar&cbl=41493>. Acesso em: 04 mar 2017.


KING, Zella. Career self-management: its nature, causes and consequences. Journal of Vocational Behavior, vol. 65, n. 1, p. 112–133, ago. 2004. Disponível em: <http://www-sciencedirect-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S0001879103000526>. Acesso em: 28 fev 2017.


KING, Zella. Career self-management: a framework for guidance of employed adults. British Journal of Guidance & Counselling, vol. 29, n. 1, 2001. Disponível em: <http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.473.4552&rep=rep1&type=pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


KOSSEK, Ellen E.; ROBERTS, Karen; FISHER, Sandra; DEMARR, Beverly. Career self-management: a quasi-experimental assessment of the effects of a training intervention. Personnel Psychology, n. 51, 1998. Disponível em: <http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1744-6570.1998.tb00746.x/pdf>. Acesso em: 27 fev 2017.


LENT, Robert W.; BROWN, Steven D. Social cognitive career theory in a diverse wolrd: guest editor's introduction. Journal of Career Assessment, v. 25, n. 1, p. 3-5, 2016. Disponível em: <http://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/1069072716657811>. Acesso em: 27 fev 2017.


QUIGLEY, Narda R.; TYMON JR., Walter. Toward and integrated model of intrinsic motivation and career self-management. Career Development International, v. 11, n. 6, p. 522-543, 2006. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/228711621_Toward_an_integrated_model_of_intrinsic_motivation_and_career_self-management>. Acesso em: 27 fev 2017.


RAABE, Babette; FRESE, Michael; BEEHR, Terry A. Action regulation theory and career self-management. Journal of Vocational Behaviour, n. 70, p. 297-311, 2007. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S000187910600114X>. Acesso em: 27 fev 2017.


SAVICKAS, Mark L. Career adaptability: an integrative construct for life-span, life-space theory. The Career Development Quarterly, vol. 45, n. 3, dez. 2011. Disponível em: <http://onlinelibrary-wiley-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/doi/10.1002/j.2161-0045.1997.tb00469.x/pdf>. Acesso em: 04 mar 2017.


SEIBERT, Scott E.; KRAIMER, Maria L.; HOLTOM, Brooks C. Even the best laid plans sometimes go askew: career self-management processes, career shocks, and the decision to pursue graduate education. Journal of Applied Pshychology, vol. 98, n. 1, p. 169-182, 2013. Disponível em: <http://psycnet-apa-org.ez11.periodicos.capes.gov.br/journals/apl/98/1/169.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


STERNS, Harvey L.; CULLER, Krystal L. Self-management of career and retirement: changing issues in a changing world. Career Planning and Adult Development Journal, vol. 28, n. 2, 2012. Disponível em: <http://www.lifeplanningnetwork.org/images/Journal-Vol28No2_summer2012%20_Retirement_copy.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


STURGES, Jane; CONWAY, Neil; LIEFOOGHE, Andreas. Organizational support, individual attributes, and the practice of career self-management behavior. Group & Organization Management. Sage Publications, v. 35, n. 1, p. 108–141, 2010. Disponível em: <http://journals.sagepub.com/doi/pdf/10.1177/1059601109354837>. Acesso em: 27 fev 2017.


STURGES, Jane. All in a day’s work? Career self-management and the management of the boundary between work and non-work. Human Resource Management Journal, v. 18, n. 2, p. 118–134, 2008. Disponível em: <http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1748-8583.2007.00054.x/pdf>. Acesso em: 27 fev 2017.


SUPER, Donald E. A life-span, life-space approach to career development. Journal of Vocational Behavior, vol. 16, p. 282-298, 1980. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/journal/00018791/16>. Acesso em: 04 mar 2017.


VERBRUGGENA, Marijke; SELSB, Luc. Can career self-directedness be improved through counseling? Journal of Vocational Behavior, vol. 73, n. 2, p. 318-327, out. 2008. Disponível em: <http://www-sciencedirect-com.ez11.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S0001879108000614>. Acesso em: 28 fev 2017.


WENG, Qingxiong; McELROYB, James. Vocational self-concept crystallization as a mediator of the relationship between career self-management and job decision effectiveness. Journal of Vocational Behavior, v. 76, n. 2, p. 234–243, April 2010. Disponível em: <http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0001879109001390?np=y&npKey=11c5103423959fef5cc5856d2a8c6ade9fa17b240723b19586e51b1773251d77>. Acesso em: 27 fev 2017.


WESARAT, Phathara-on; SHARIF, Mohmad Y.; MAJID, Abdul H. A. A review of organizational and individual career management: a dual perspective. International Journal of Human Resource Studies, vol. 4, n. 1, 2014. Disponível em: <https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=4&ved=0ahUKEwjmzbORs7PSAhVBDpAKHScIB5oQFggtMAM&url=http%3A%2F%2Fwww.macrothink.org%2Fjournal%2Findex.php%2Fijhrs%2Farticle%2Fdownload%2F5331%2F4271&usg=AFQjCNFS2NYpkDl958AuYJKmB_BqIterMw&bvm=bv.148441817,d.Y2I&cad=rja>. Acesso em: 28 fev 2017.


YU, Chen. The relationship between undergraduate students’ creative self-efficacy, creative ability and career self-management. International Journal of Academic Research in Progressive Education and Development, vol. 2, n. 2, abril 2013. Disponível em: <http://www.hrmars.com/admin/pics/1885.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.



ARTIGOS EM PORTUGUÊS

AMBIEL, Rodolfo A. M. Adaptabilidade de carreira: uma abordagem histórica de conceitos, modelos e teorias. Revista Brasileira de Orientação Profissional, vol. 15, n. 1, p. 15-24, jan./jun. 2014. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/pdf/rbop/v15n1/04.pdf>. Acesso em: 2 mar 2017.


BENDASSOLLI, Pedro F. Recomposição da relação sujeito–trabalho nos modelos emergentes de carreira. RAE - Revista de Administração de Empresas, v. 49, n. 4, 2009. Disponível em: <http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rae/article/view/36378/35155>. Acesso em: 28 fev 2017.


BITENCOURT, Betina M.; GALLON, Shalimar; SCHEFFER, Angela B. B. Programas trainee e expatriação como fatores propulsores de ascensão na carreira. ReCaPe - Revista de Carreiras e Pessoas, vol. 4, n.3, p. 232-248, São Paulo, set./dez. 2014. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/148363>. Acesso em: 28 fev 2017.


CARVALHO, Keila L. A Flaskô é do povo, é por nós ocupada: um olhar sociológico sobre a autogestão nos dias atuais. In: XXIX CONGRESO ALAS, 2013, Chile. Anais... Chile: Universidad de Chile, 2013. Disponível em: <http://actacientifica.servicioit.cl/biblioteca/gt/GT18/GT18_LucioDeCarvalho.pdf>. Acesso em: 27 fev 2017.


CHANLAT, Jean-François. Quais carreiras e para qual sociedade? (I) RAE - Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v. 35, n. 6, p. 67-75, nov./dez. 1995. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rae/v35n6/a08v35n6.pdf>. Acesso em: 2 mar 2017.


CHANLAT, Jean-François. Quais carreiras e para qual sociedade? (II) RAE - Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v. 36, n. 1, p. 13-20, jan./fev./mar. 1996. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rae/v36n1/a03v36n1.pdf>. Acesso em: 2 mar 2017.


DEMO, Gisela; NUNES, Iara; MENDES, Nilda; FERREIRA, Lucian; MELO, Beatriz. Políticas de gestão de pessoas: cenário dos estudos publicados nos periódicos da área de Administração. Organizações em Contexto, vol. 7, n. 14, jul./dez. 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1678-69712011000500002&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 27 fev 2017.


DUARTE, Márcia de F.; SILVA, André L. A reconstrução da carreira em ambientes de trabalho em transformação. Organizações & Sociedade, v. 20, n. 37, 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/osoc/v20n67/a09v20n67.pdf>. Acesso em: 27 fev 2017.


FONTENELLE, Isleide A. Eu, Proteu. Research Gate, maio 2008. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/262047484_Eu_Proteu>. Acesso em: 28 fev 2017.


FONTENELLE, Isleide A. A autogestão de carreira chega à Escola de Administração: o humano se tornou capital? Organizações & Sociedade, v. 14, n.43, Salvador, out./dez. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/osoc/v14n43/04.pdf>. Acesso em: 27 fev 2017.


FRANÇA, Thais. Women and labor market: work family conflict and career self-management. Revista Pensamento & Realidade, v. 27, n. 4, ano XV, 2012. Disponível em: <http://revistas.pucsp.br/index.php/pensamentorealidade/article/view/14725/10718>. Acesso em: 27 fev 2017.


GALLON, Shalimar; SCHEFFER, Angela B. B. Expatriação : uma oportunidade de repensar a carreira. Alcance, vol. 22, n.2, p. 298-315, abr./jun. 2015. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/142300>. Acesso em: 28 fev 2017.


GALLON, Shalimar; SCHEFFER, Angela B. B.; BITENCOURT, Betina M. "Eu fui, voltei e ninguém viu": um estudo sobre a expectativa de carreira após a repatriação em uma empresa brasileira. Cadernos EBAPE.BR, v. 11, n. 1, art. 8, Rio de Janeiro, mar. 2013. Disponível em: <http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/6169/6532>. Acesso em: 28 fev 2017.


GRISCI, Carmen L. I.; SANTOS, Wagner S. F. dos; TEIXEIRA, Rodilon; GOMES, Wagner R.; MACHADO, Felipe S. Carreira e sucesso em uma revista de negócios: uma análise à luz da quantofrenia gerencialista. RecAdm - Revista Eletrônica de Ciência Administrativa, abr. 2015. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/307851312_Carreira_e_sucesso_em_uma_revista_de_negocios_uma_analise_a_luz_da_quantofrenia_gerencialista_doi_1021529RECADM2015004>. Acesso em: 01 mar 2017.


GROHMANN, Márcia Z.; RISS, Luciana A.; SILVA, Andressa H.; BATTISTELLA, Luciana F. Valores pessoais e a escolha da carreira profissional: administradores e engenheiros com valores díspares? Liberabit, vol. 18, n. 2, p. 195-209, 2012. Disponível em: <http://www.scielo.org.pe/pdf/liber/v18n2/a10v18n2.pdf>. Acesso em: 01 mar 2017.


HARTMANN, Daiane A. P.; DETONI, Dimas J.; MARTINS, Jaqueline P. A importância do autogrenciamento da carreira para a Geração Y no contexto atual. In: IX SEGeT - Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: <http://www.professores.aedb.br/seget/artigos12/61016754.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


LINS, Bernardo F. E. Assessoramento legislativo em temas de alta tecnologia: um desafio diferenciado. Cadernos ASLEGIS, n. 30, jan./abr.2007. Disponível em: <http://belins.eng.br/ac01/papers/c_30_3.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


NAJJAR, Eduardo R. Autogestão da Carreira: uma nova abordagem da vida profissional. Revista da ESPM, mar./abr. 2000. Disponível em: <http://bancopublicacoes.espm.br/arquivos/autogestao_da_carreira.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


MALVEZZI, Sigmar. Empregabilidade e carreira. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, v.2, São Paulo, dez. 1999. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/pdf/cpst/v2/v2a10.pdf>. Acesso em: 01 mar 2017.


OLTRAMARI, Andrea P.; GRISCI, Carmem L. Iochins. Carreira e família na sociedade líquido-moderna. Revista de Administração Mackenzie, vol. 15, n. 1, São Paulo, p. 15-48, jan./fev. 2014. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ram/v15n1/a02v15n1.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


ROSENFIELD, Cinara L. Trabalho decente e precarização. Tempo Social - Revista de Sociologia da USP, v. 23, n. 1, p. 247-268, 2011. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ts/v23n1/v23n1a12>. Acesso em: 28 fev 2017.


SILVA, Rodrigo C.; DIAS, Carolina A. F.; SILVA, Maria T. G. da; KRAKAUER, Patrícia V. de C.; MARINHO, Bernadete de L. Carreiras: novas ou tradicionais? Um estudo com profissionais brasileiros. ReCaPe - Revista de Carreiras e Pessoas, v. 2, n. 1, jan./fev./mar./abr. 2012. Disponível em: <http://revistas.pucsp.br/index.php/ReCaPe/article/view/9337>. Acesso em: 28 fev 2017.


TIEPPO, Carlos E. Construção de carreira inteligente: um estudo com estudantes do curso de administração em hotelaria e turismo. Revista E-FAPPES, vol. 2, n. 2, São Paulo, jan./jun. 2011. Disponível em: <http://fappes.edu.br/revista/index.php/raefappes/article/view/56/45>. Acesso em: 01 mar 2017.


VASCONCELOS, Kátia C. de A.; MERHI, Daniele Q.; GOULART, Vânia M.; SILVA, Alfredo R. L. da. A geração Y e suas âncoras de carreira. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, vol. 8, n. 2, p. 226-244, mai./ago. 2010. Disponível em: <http://www.revista.ufpe.br/gestaoorg/index.php/gestao/article/viewFile/197/178>. Acesso em: 28 fev 2017.


VAZQUEZ, Ana Claudia; OLTRAMARI, Andrea P.; TONON, Leonardo; SCHEFFER, Angela. Desempenho e carreira: produção acadêmica brasileira em Administração no período de 2000 a 2010. Desenvolve: Revista de Gestão do Unilasall, v. 2, n. 1, Canoas, mar. 2013. Disponível em: <http://sphinx.unilasalle.edu.br/index.php/desenvolve/article/view/1042/782>. Acesso em: 28 fev 2017.


WILKOSZYNSKI, Claudia do C.; VIEIRA, Fernando de O. Carreiras contemporâneas: desafios e contradições frente às mudanças do mundo do trabalho. Desenvolve - Revista de Gestão do Unilasalle, v. 2, n. 1, mar. 2013. Disponível em: <http://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/desenvolve/article/view/1045/783>. Acesso em: 28 fev 2017.



TESES E DISSERTAÇÕES

CAMARGO, Irineu S. de. Gestão de carreira no início da carreira profissional: um estudo sobre atitude de carreira de jovens discentes da graduação da FEA/USP. 2016. 83 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Departamento de Administração, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-01022017-122952/en.php>. Acesso em: 01 mar 2017.


FREITAS, Denis de. Construção de carreira na contemporaneidade: uma análise do discurso de trainees. 2015. 108 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Departamento de Psicologia, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2015. Disponível em: <http://acervodigital.ufpr.br/bitstream/handle/1884/41965/R%20-%20D%20-%20DENIS%20DE%20FREITAS.pdf?sequence=1&isAllowed=y>. Acesso em: 02 mar 2017.


GOMES, Carlos F. M. A adaptabilidade de carreira em candidatos ao ensino superior. 2016. 30 f. 1997. 95 f. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia) – Faculdade de Psicologia, Universidade de Lisboa, Lisboa, 2016. Disponível em: <http://repositorio.ul.pt/bitstream/10451/26510/1/ulfpie051157_tm_tese.pdf>. Acesso em: 01 mar 2017.


LOUREIRO, Maria de N. P. e S. Intervenções de carreira no ensino superior: estudo da eficácia de um seminário de gestão pessoal de carreira. 2012. 324 f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Escola de Psicologia, Universidade do Minho, Portugal, 2012. Disponível em: <http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/24588>. Acesso em: 27 fev 2017.


MAGALHÃES, Mauro de O. Personalidades vocacionais e desenvolvimento na vida adulta : generatividade e carreira profissional. 2005. 238 f. Tese (Doutorado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/4934>. Acesso em: 01 mar 2017.


NACIF, Roberta C. A carreira profissional como um fato individual: um estudo empírico. 1997. 95 f. Dissertação (Mestrado em Business Administration) – Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 1997. Disponível em: <http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/5794>. Acesso em: 28 fev 2017.


OLTRAMARI, Andréa P. Dilemas relativos à carreira no contexto do trabalho imaterial bancário e suas repercussões às relações familiares. 2010. 157 f. Tese (Doutorado em Administração) – Escola de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2010. Disponível em: <http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/24520/000747598.pdf?sequence=1>. Acesso em: 28 fev 2017.


RAMOS JÚNIOR, Ivan de O. Construção e validação de uma Escala de Dilemas, Estratégias de Carreira e Modos de Engajamento na Carreira para profissionais com formação em nível superior. 2015. 129 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Faculdade de Ciências Empresariais, Universidade FUMEC, Belo Horizonte, 2015. Disponível em: <http://www.fumec.br/revistas/pdma/article/view/4327/2182>. Acesso em: 01 mar 2017.


ROGEL, Georgia T. S. Autogestão da carreira entre médicos: uma abordagem sobre a dimensão subjetiva da carreira dos profissionais do conhecimento. 2016. 211 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-12072016-122041/pt-br.php>. Acesso em: 27 fev 2017.


SANTOS, Rui M. N. G. S. O papel dos indivíduos e das organizações na gestão e desenvolvimento da carreira : um estudo de caso. 2008. 36 f. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia) – Faculdade de Psicologia, Universidade de Lisboa, Portugal, 2008. Disponível em: <http://repositorio.ul.pt/handle/10451/696>. Acesso em: 28 fev 2017.


SILVA, Jefferson de A. e. Estudo comparativo entre os modelos de carreira proteana e carreira sem fronteiras por meio de escalas de atitudes. 2009. 86 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Faculdade de Gestão e Negócios, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2009. Disponível em: <https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/11926/1/jeff.pdf>. Acesso em: 28 fev 2017.


TABORDA, Sara M. C. Q. Carreiras proteanas e empregabilidade: estudo com uma amostra de chefias. 2012. 34 f. Dissertação (Mestrado Integrado em Psicologia) – Faculdade de Psicologia, Universidade de Lisboa, Portugal, 2012. Disponível em: <http://repositorio.ul.pt/handle/10451/6918>. Acesso em: 27 fev 2017.



LIVROS E PARTES DE LIVROS

HIRSCHI, Andreas; DAUWALDER, Jean-Pierre. Dynamics in career development: personal and organizational perspectives. In: Nota & Orssier, R. (Eds.), Handbook of the Life Design paradigm: from practice to theory, from theory to practice, p. 27-39, Boston, MA, 2015. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/279850299_Dynamics_in_Career_Development_Personal_and_Organizational_Perspectives>. Acesso em: 28 fev 2017.


ZUNKER, Vernon. Career counseling: applied concepts of life planning. Brooks/Cole-Thomson Learning, 2002 - 668 páginas

O ELO DA GESTÃO DE CARREIRA - https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=kdPlumvXHrYC&oi=fnd&pg=PA9&dq=autogest%C3%A3o+de+carreira&ots=HJv62W8j_B&sig=R5OI7r5CezNND4VXlGyWbh6XNe4#v=onepage&q=autogest%C3%A3o%20de%20carreira&f=false



SEM ACESSO

♦ STICKLAND, Rob. Career self-management–can we live without it?
Pages 583-596 | Published online: 14 Jan 2008 - Citation: http://dx.doi.org/10.1080/13594329608414881

♦ HALL, Douglas. Protean Careers of the 21st Century. Protean Careers of the 21st Century. The Academy of Management Executive (1993-2005), Vol. 10, No. 4, Careers in the 21st Century (Nov., 1996), pp. 8-16

♦ Sustaining success in human resources: Key career self-management strategies
WM Kahnweiler - People and Strategy, 2006 - search.proquest.com

♦ Career anchors revisited: Implications for career development in the 21st century
EH Schein - The Academy of Management Executive, 1996 - amp.aom.org



segunda-feira, 17 de outubro de 2016


Print or Generate PDF

0 comentários:

Postar um comentário

Comentário









Certidão Criminal Negativa
Dicionário Bab.La